terça-feira, 3 de abril de 2018

TECNOLOGIA



Quase não assisto TV, mas gosto de assistir a alguns seriados como CSI, Criminal Minds, filmes, tudo do canal fechado. Nossa TV é multifuncional, mas mais parece monofuncional, pois serve quase que apenas para jogar vídeo games, isso significa que nunca está no modo certo para assisti TV que, no caso da minha, é o HDMI2.

Ontem, depois de um dia exaustivo e de correria, deitei-me em minha cama de banho tomado, pronta para relaxar e assistir um pouco a uma de minhas séries, ligo a TV e... Humpfffffffffff... Toda vez que vou assistir algo, tenho que configurar. Aí procuro em tudo que é botão do controle remoto, vou e volto, passo por tudo que é menu e nada de achar o tal caminho para mudar da porcaria do @#%$ para o HDMI2.

Chamo o André, que está na cozinha, para me auxiliar e, ele, com os fones de ouvido naquele som costumeiro que todo adolescente usa, nem me ouve. O jeito é me levantar e configurar diretamente pela TV que sei de olhos fechados como fazer... Ai que preguiça...

Quando André entrou no quarto, falei que ele nem me ouviu quando o chamei para me ensinar como mudar pelo controle remoto a bendita porta de entrada. Aí, num tom professoral, típico dessa geração que entende absolutamente tudo de tecnologia, acho até que fizeram estágio ainda dentro do ventre materno, vira para mim e diz:

- Mãe! Já ensinei para você uma porção de vezes!! É muito simples! É só apertar o botão "source" (e eu lá vejo alguma coisa sem óculos?) que aparece tudo na tela para você escolher o que quiser fazer!!

Eu, com cara de samambaia desidratada, respondo:

- É verdade, você já me explicou, mas não entra na minha cabeça esse monte de botão!!

Ao que ele retruca:

- Pô, mãe, você trabalha com planilha de Excell e não sabe operar um controle remoto?!

Tá... confesso!! Tenho uma certa incompatibilidade antipática com controles remotos...

foto: coletada da internet, desconheço autoria

domingo, 17 de dezembro de 2017

55 ANOS




Uma dura caminhada para chegar até aqui, mas amenizada pelas palavras de conforto, de ânimo e de boas risadas junto com pessoas especiais que me acompanharam ao longo de todos esses anos.

Além de minha querida família composta por filhos, pai, mãe, irmãs, cunhado, avôs, avós, tios, tias, primos e primas, fui colhendo inúmeros amigos que trago bem junto ao coração.

Algumas pessoas estão mais pertinho, outras são virtuais, pois não tivemos a chance de nos conhecer pessoalmente, e, também, tem as mais distantes, porém não menos presentes e amadas.

Obrigada a todos!! Vocês fizeram do meu dia um momento mais alegre com suas mensagens de felicitações e desejos de bem querer!!

Beijos em todos vocês!!

foto: coletada da internet (desconheço autoria)

terça-feira, 19 de setembro de 2017

LUTO





A vida na terra é efêmera, passageira, findável. Nos apegamos a fatos sem importância e valorizamos o fútil. Quando esta vida se vai, leva com ela os sonhos, as alegrias e a presença, mas nos deixa a lembrança de tempos bons, porque os ruins, prefiro jogar fora, junto com a mágoa.

foto: coletada da internet, desconheço autoria

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

FOCO


Muitas vezes perdemos o fio da meada, não sabemos muito bem como recomeçar, mas o importante é não perder o foco e ter sempre um objetivo, mesmo que circunstâncias nos tirem do caminho original.

foto: coletada da internet (desconheço autoria)

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

LIBERDADE




A grande maioria das pessoas está enclausurada em seus próprios problemas e principalmente em seus próprios valores. 

Presas em seu egoísmo, deixam de viver toda forma do verdadeiro amor, que é aquele que dá e não o que recebe, aquele que se importa com a felicidade do outro e não com a própria, que deixa o outro viver livre, pois a liberdade, diferentemente do que se costuma imaginar, não é aquela que afasta, e sim, aproxima.

foto: coletada da internet, desconheço o autor

terça-feira, 18 de julho de 2017

VÁ, MEU FILHO!!




Vá meu filho!!

Dê um abraço ao Portugal de meu bisavô. Desbrave aquele país como ele fez aqui no Brasil. Ame Portugal como seu pai ama nosso Brasil!!

Seja determinado e conquiste tudo aquilo que Deus já reservou a você. Ao mesmo tempo, seja humilde e generoso, que todas as portas se abrirão.

Deus o abençoe ricamente hoje e sempre.Lembre-se de que Sua Graça é suficiente para qualquer situação. Se, por acaso, se sentir só e impotente, saiba que poderá contar com sua família e comigo sempre, mas uma prece de um coração agradecido ou quebrantado, Deus a recebe, se alegra e consola.

Vá, meu filho!! Ficamos aqui na torcida e orando por sua vida!!

Receba  minha bênção!

Amo absurdamente você!!

Mamãe

sexta-feira, 12 de maio de 2017

A MÃE DA VEZ


Que saudades dos bolinhos de chuva da D. Aurora. Que saudades dos doces da D. Cacilda, quituteiras de mão cheia. Essas duas eram imbatíveis na cozinha. Suas casas cheiravam, indiscutivelmente, casa de vó. Era bom estar lá. Brincando com as marionetes que a D. Aurora fabricava e nos deliciando com as canjicas, doces de casca de laranja e de abóbora com coco que D. Cacilda, com muita habilidade, preparava.

Mas não tem comparação com o cheiro de carne assada e molho da macarronada que D. Daisy fazia todo domingo. Acordava com o barulho da carne caindo no óleo quente... shhhhhhhh... e depois com aquele aroma inconfundível. Para mim, macarronada e carne assada tem cara de domingo na casa da D. Daisy.

Hoje não tenho mais isso. Não vivo mais isso. Que saudades das "mães" da minha vida. Hoje sou a mãe da vez. Até tenho os predicados dessas maravilhosas mães, mas o que será que desperto na lembrança dos meus filhos? Gostaria de saber.

Só sei que, o quanto pude, cafunguei no pescoço da minha mãe, observei o seu sorriso e comprovei sua conduta ilibada. Em muitas coisas quis ser como ela. Coisas de filha orgulhosa.

Mãe. Uma palavrinha tão pequena, mas carregada de uma enorme responsabilidade. A minha me deu a varinha de pescar e também o maior dos presentes que uma filha pode ganhar: dedicação, carinho e muito amor.

Saudades, mãe, quisera eu ser um terço para os meus filhos, do que você foi para mim!!


Às mães de plantão, um feliz dia!! Ontem, hoje e sempre, porque todos os dias são:

DIA DAS MÃES!!

foto: acervo particular