segunda-feira, 6 de outubro de 2014

RESGATE



Ao me olhar no espelho percebo-me cansada
Não envelhecida, mas cansada
Quase não tenho rugas
Quase não tenho manchas
Poucos fios de cabelos brancos
E mesmo assim, cansada

Então fecho os olhos
Vejo a menina
Curiosa e alegre
Cheia de vida e sorridente
Ávida por conhecer o mundo
Começando pelo seu próprio bairro

As responsabilidades do dia dia
As críticas constantes
Pensamentos pessimistas
Teimam em sufocar a menina
Não permito, e deixo sobreviver aquela que
Por esses anos me acompanhou

Tenho duas idades
A cronológica e a da memória
A segunda sobrepõe à primeira
Ainda que a vida se torne pesada
Resgato a alegria de outrora
Contagiando a todos com um largo sorriso

Não permita que o cansaço vença
Não deixe que a alegria fuja
Não pense que não é capaz
Ressuscite sua criança
Deixe-a tomar conta de sua mente
E verá que a vida é doce e colorida


Feliz daquele que conseguir...

foto: composição por Ricardo Machado

2 comentários:

  1. Como sempre, falando ao nosso coração.
    Saudades
    Márcia de Oliveira

    ResponderExcluir