terça-feira, 30 de julho de 2013

DICIONÁRIO DE PALAVRAS E EXPRESSÕES DO ANDRÉ

Crianças têm um modo peculiar e interessante de se comunicar. E elas estão certas de que estão sendo perfeitamente compreendidas, mas somente as mães conseguem compreendê-las e, por vezes, também ficam na dúvida e especulam até conseguirem a informação necessária para poder traduzir o que os filhos estão falando.

André teve um problema sério de adenoide e amígdalas e sua audição ficou comprometida. Só veio a falar direito depois que começou a escutar bem por conta da cirurgia a que foi submetido. 

Para facilitar um pouquinho a vida dos parentes e amigos, eu resolvi fazer um pequeno dicionário de palavras e expressões que André, na época com seus 3 anos 3 meses e 18 dias, utilizava diariamente.

Aí vai algumas dessas expressões costumeiramente utilizadas pelo meu filhote:

Acasa a Bia - casa da Bia
Achati - chocolate
Achêsa - bochecha
Adéda - moeda
Água baixo - lago
Aís - nariz
Alêlu - cabelo
Assálu - dinossaouro
Ati - aqui
Balúlu - barulho
Bancaú - Banco Itaú
Báxu - abraço
Bincá - brincar
Bumba - bunda
Cainho - carrinho ou carinho
Cacola - coca-cola
Cacúlo - está escuro
Cana - cama
Caocel - carro do Anselmo
Capto - cacto
Caraca - é caraca mesmo... risos
Caxa a água - caixa d'água
Cocoço - pescoço
Conde-Conde - esconde esconde
Chade - chave
Chuda - chuva
Cisão - televisão
Cocorro p socorro
Cóchiga - cócega
De lôti - à noite
Dedêça - cabeça
Dedenho - desenho
Dedera - mamadeira
Dedêti - sorvete
Didido - fedido
Didita - revista
Ecola - escola
Estrela dadente - estrela cadente
Etemu - este é meu
Fafavô - por favor
Fofone - telefone ou saxofone
Guaguá - guardar
Guiga - barriga
Iguarra - guitarra
Inquêra - coceira
Liliça - delícia
Lilo - livro
Málica - máquina
Memédio - remédio
Montu - monstro
Mútica - música
Mutu cacúlo - está muito escuro
Neneca - caneca
Nenete - internet
Olêla - orelha
Ôlu - olho
Óculu - óculos
Ônigu - ônibus
Pão niguina - pão com margarina
Péinuto - espera um minuto
Pelide - Felipe
Pepiê (com sotaque carioca) - chupeta
Pimpinho - limpinho
Quésenhá - quero desenhar
Quéo conê - quero comer
Roicisão - arroz e feijão
Seguê - fazer
Sicha - salsicha
Sigui - consegui
Suniu - sumiu
Tá pechado - está fechado
Tatá - primeira versão de música (bateria)
Tem - trem
Tenta ti - senta aqui
Tinha - ratinha
Tô cum cóne - estou com fome
Tôe moto - controle remoto
Ufone - telefone
Uxei - não sei

Como veem, um tagarela de mão cheia. A quem será que ele "puxou"?!

foto: por Inês de Barros - 2005

2 comentários:

  1. Que delicia de texto!!!!
    Esse André é show!!!

    Bjs da Miroca

    ResponderExcluir