segunda-feira, 11 de novembro de 2013

SEU JEITO


Gosto de como se mostra
Direto sem rodeio
Gosto de gostar
E me deixar sem freio

Gosto de como pega minha mão
Segurando com doçura
E me leva a passear
Demonstrando sua ternura

Gosto da maneira
Como vê meu nome em tudo
Deixando-me lanzeira
Com seu jeito biudo

Gosto de saber
Que me vê em seu caminho
E em tudo que possa fazer
Lembrando-se de mim com carinho

Quando olha pela janela
Se deparando com o céu púrpuro
Diz-me que, como uma sentinela
Aguarda-me no seu futuro

Com desvelo, zelo e constância
Cuida de minha felicidade
Encontrando consonância
E toda minha reciprocidade

Quando me aninho em seu peito
Sinto todo seu afago
Com confiança adormeço
Nos braços de quem me tem cuidado


foto: coletada da internet (desconheço autoria)

2 comentários:

  1. Simplesmente lindo , vc e sua sensibilidade sem igual

    Vera Germano

    ResponderExcluir